Somos Especialistas em Enguias e Lampreia

 

Restaurante Casa Piano

No Restaurante Casa Piano em Carregal do Sal tem à sua disposição o melhor da gastronomia tradicional portuguesa ao melhor preço. De entre o nosso vasto menu podemos destacar o Ensopado de enguia, a Lampreia, entre muitas outras.

Temos também uma óptima selecção de vinhos regionais ao seu dispor. Venha visitar-nos e desfrute das iguarias que temos para si! Menus especiais para grupos.
 

Especialidade

 
Ensopado de Enguia
 
Enguia Frita
 
Ameijoa à Piano
 

Sala Restaurante Casa Piano

 
 
 
 
 

Enguia no Restaurante Casa Piano

Uma das especialidades do Restaurante Casa Piano em Carregal do Sal é a Enguia, nomeadamente o Ensopado de Enguia, a Enguia Frita e a Caldeirada de Enguia
 

Especialidades

 
Ensopado de Enguia
 
Enguia Frita
 
Caldeirada de Enguia
 
 
Ameijoa à Piano
 
Picanha à Piano com
feijâo preto
 
 

Ementa

No Restaurante Casa Piano em Carregal do Sal tem à sua disposição o melhor da gastronomia tradicional portuguesaao melhor preço. De entre o nosso vasto menu podemos destacar o Ensopado de enguia, a Lampreia, entre muitas outras.

Temos também uma óptima selecção de vinhos regionais ao seu dispor. Venha visitar-nos e desfrute das iguarias que temos para si! Menus especiais para grupos.
 

Ementa Casa Piano

 
Enguias fritas à Piano
Ensopado de enguias
Caldeirada de enguias
Arroz de tamboril
 
Arroz de marisco
Massada de peixe
Linguado na brasa
Polvo na brasa
 
 
Bacalhau na brasa
Bacalhau com natas
Gambas ao alhinho
Ameijoa à Piano
Posta mirandesa
 
Bife de novilho à chefe
Costeleta de novilho grelhada
Costeleta de borrego grelhada
Picanha à Piano com feijâo preto
 
 

Lampreia

Algumas espécies de lampreias são aproveitadas para servir como alimento. Em Portugal e outros países, a lampreia é considerada como iguaria requintada, sendo comercializadas em Restaurantes a preços elevados. Em Portugal, a época da Lampreia começa normalmente nos finais de Janeiro a meados de Abril.
 

Pratos de Lampreia

Em Portugal, são feitos confeccionados vários pratos com a lampreia. A lampreia é consumida sobretudo em Arroz de Lampreia, com uma confecção semelhante à da cabidela, e à bordalesa, um guisado que por norma é acompanhado de arroz. Podemos encontrar ainda outras formas de confecção da Lampreia como assada no espeto e de escabeche.
 
 
 
Ingredientes:
  • 1 dl de azeite
  • 1 dl de vinagre;
  • 2 dl de vinho verde branco;
  • 8 grãos de pimenta preta;
  • 1 cravinho;
  • 1 cebola;
  • 2 dentes de alho;
  • 12 postas de lampreia com cerca de 5 cm;
  • sal;
  • salsa;
  • louro;
  • 1 dl de sangue da lampreia.
 
 
Preparação:
Ponha o azeite num tacho, o vinagre, o vinho, a pimenta, o cravinho, a cebola cortada em meias luas finas, o alho esborrachado e a lampreia. Tempere com sal, junte um raminho de salsa atado com o louro, leve ao lume e deixe cozinhar por cerca de 30 minutos ou até a lampreia ficar tenra. 5 minutos antes de acabar a cozedura, junte o sangue, rectifique os temperos e sirva fria.
 
 

TURISMO EM VISEU

Viseu é o único distrito português que não faz fronteira nem com o mar nem com Espanha. Fica situado na Região Norte e Centro do país, o distrito de Viseu abrange ainda três Sub-Regiões: Dão-Lafões, Douro e Tâmega.

Viseu é um dos distritos mais montanhosos do de Portugal, fazendo parte dele os maciços das serras da Lapa (953m), Leomil (1008m), Caramulo (1071m), Gralheira (1116m), e Montemuro (1382m). Nos seus vales correm os belissímos afluentes do Douro, respectivamente o Távora, o Varosa e o Paiva, e os rios Vouga, Dão e Mondego, além de várias ribeiras.

Neste distrito poderá encontrar um grande número de Monumentos Nacionais de que são maior exemplo: o Dólmen de Areita (S. João da Pesqueira), a sepultura pré-histórica com cerca de 5.000 anos, o Castro de Nossa Senhora da Guia e a Capela e Adro de Nossa Senhora da Guia, (S. Pedro do Sul).

Sendo também de destacar ainda o Dólmen e Capela de Nossa Senhora do Monte (Penedono), que se encontra em ruínas.

O VINHO

A capital do distrito é a cidade de Viseu. Viseu é uma cidade antiga e é a terra de cultivo da vinha para os famosos vinhos do Dão e de Lafões. A Região Demarcada do Dão, numa extensão aproximada de 376 000 hectares, desenvolve-se entre zonas profundamente montanhosas e vales com colinas e declives suaves e arredondados, com um clima frio e chuvoso no Inverno e quente e seco no Verão - condições únicas para a produção de vinhos sem igual.

Para conhecer esta zona, nada melhor do que um passeio pelas casas, quintas e adegas da Rota do Vinho do Dão

A GASTRONOMIA

Rica e variada, a gastronomia tradicional desta região é uma das suas principais atracções. O Caldo verde, sopa da Beira, rancho à moda de Viseu, arroz de carqueja, lampreia ou pato, vitela assada à moda de Lafões, cabrito da Gralheira assado, trutas do Paiva são alguns dos pratos regionais, não esquecendo os enchidos, o presunto, o pão de mistura ou de centeio e a broa de milho, e as sobremesas: doces de ovos, leite creme, papas doces de milho, arroz doce e muitos outros.
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Contacte-nos!